Conhecido mundialmente como o “Rei do Pop”, Michael Jackson é um dos principais nomes do mercado de entretenimento. Cantor, compositor, dançarino, produtor e filantropo, Michael quebrou inúmeras barreiras durante sua carreira, foi assunto de várias polêmicas, mas nada o impediu de se transformar em uma lenda.  Ontem, dia 25, completou 7 anos de sua morte. Sendo uma grande fã do astro, vou falar um pouco (bem pouco, rs) da vida dele e compartilhar com vocês algumas das minhas canções favoritas (foi muito difícil escolher). Vamos lá?7 anos sem Michael Jackson

Michael Joseph Jackson nasceu em 29 de agosto de 1958 em Gary, Indiana, nos EUA, e era o sétimo filho do casal Joseph e Katherine. O pai dos meninos era muito rígido e quando percebeu que os filhos tinham aptidão musical, a família se mudou para a Califórnia em busca de oportunidade. Aos dez anos, Michael se juntou no grupo musical com os irmãos, o famoso Jackson 5. A participação de Michael se deu graças à sua mãe, que insistiu para que Joseph colocasse o menino no grupo como vocalista. Embora as apresentações eram sempre animadas e renderam várias aparições na TV e músicas no topo das paradas, Michael diz que os ensaios eram horríveis, pois o pai sempre batia neles com cinto ou qualquer outro objeto disponível, caso errassem a música ou os passos. Michael tinha tanto medo de seu pai que chegava a vomitar escondido. Além da agressão física, ele sofria com a agressão verbal vinda do seu pai, que criticava constantemente sua aparência e apesar da fama, Michael também se sentia muito sozinho e acredite, ele era muito tímido! Lembrando que todas essas informações são divulgadas pelo próprio Michael durante um documentário. O sucesso do grupo foi tão grande, que virou até desenho animado! Você pode assistir o primeiro episódio da animação aqui.

7 anos sem Michael Jackson jackson 5

Lá pelo início da década de 1970, Michael Jackson iniciou a carreira solo através do lançamento do álbum “Got To Be There” (1971), que vendeu mais de 5 milhões de cópias. O sucesso foi cada vez maior, que Michael lançou mais três álbuns em seguida: Ben (1972), Music & Me (1973) e Forever, Michael (1975). Dos 10 álbuns lançados por Michael em vida, “Thriller” (1982) foi o que mais se destacou comercialmente, pois vendeu aproximadamente 65 milhões de cópias no mundo todo, e também é considerado “um dos melhores álbuns da história”. Tenho certeza que você sabe pelo menos o refrão de Thriller e conhece os outros sucessos do álbum como “Beat It“, “Billie Jean“, “Human Nature” e “Pretty Young Thing“, certo?! hahaha

Outra característica muito marcante de Michael Jackson são as coreografias. Ele criou um novo estilo de dança e tornou mundialmente famosos os passos “Robot“, que imitavam os movimentos de um robô, o “The Lean” que é a famosa inclinação em 45º e também o “Moonwalk“, que era um deslizamento suave de costas. Acho que todo mundo já tentou fazer esse passo, mas poucos foram os bem sucedidos! hahaha Se você quiser tentar, Michael ensina o truque nesse vídeo aqui.

7 anos sem Michael Jackson

Michael também era conhecido pelas doações de milhões de dólares para instituições beneficentes, incluindo sua própria fundação. Como muitos de vocês devem saber, o rei do pop era portador da doença vitiligo, por isso sua pele sofreu alterações significativas de cor, mudando do negro para o branco. Na vida pessoal, Michael se casou duas vezes: primeiramente com Lisa Marie Presley (sim, a filha de Elvis Presley) e posteriormente com Debbie Rowe, com quem teve dois filhos, Michael Joseph Jackson Jr. e Paris Katherine Jackson. O terceiro filho do cantor, Prince Michael Jackson II (conhecido também por Blanket) foi concebido através da inseminação artificial.

Michael tinha um apego muito grande à crianças, tanto que construiu um parque de diversões em sua casa (conhecida como Neverland) com roda gigante, carrossel etc, e as convidava constantemente para se divertirem nos brinquedos. Em diversos vídeos é possível ver o quão infantil Michael era, brincando junto com as outras crianças e em várias entrevistas ele diz que gostava e desfrutava dessa diversão porque não aproveitou sua infância. Não, não vamos falar das polêmicas acusações que foram feitas contra Michael.

Michael Jackson Brasil They dont care about us

Michael Jackson esteve no Brasil três vezes: em 1974, para diversos shows com a banda Jackson 5; em 1993 com a Dangerous World Tour e em 1996, para gravar o clipe da música “They Don’t Care About Us”. A versão foi feita em parceria com o grupo Olodum, de Salvador, e outras cenas foram gravadas na favela Santa Marta no Rio de Janeiro. Essa última visita de Michael gerou várias polêmicas, uma delas foi o fato de que Spike Lee, produtor do vídeo, negociou a segurança de Michael com os traficantes da favela, pois ele afirmou que a polícia não tinha poder suficiente para manter o cantor seguro. Os moradores do local ficaram super felizes em receber Michael Jackson, mas o governo se preocupou com a denúncia da pobreza e da corrupção através do vídeo. Então vamos ouvir um pouco de música agora?

  1. Man In The Mirror
  2. The Way You Make Me Feel
  3. They Don’t Care About Us
  4. Smooth Criminal
  5. Bad
  6. Scream
  7. Loving You
  8. A Place With No Name
  9. Give In To Me
  10. Who Is It
  11. You Rock My World
  12. You Are Not Alone

Geeeeeeeeeeeeeente, alguém me segura, por favor! hahahah Me empolguei tanto que quando vi já tava escolhendo a vigésima música!  Michael estava se preparando para uma série de shows da tour This Is It, com estreia em Londres e marcada pelo que seria seu grande retorno depois de passar anos afastado dos palcos. Os 750 mil ingressos disponibilizados para todos os concertos esgotaram em apenas 5 horas! Infelizmente ele não chegou a fazer a nenhum show e já são 7 anos sem o Rei do Pop.  Há conspirações de que Michael não morreu, de que ele forjou a própria morte e blá blá blá, e embora faça muita falta para os fãs, acredito que ele descansou, afinal a pressão sobre ele era MUITO intensa e não deve ser nem um pouco fácil encarar tudo isso. Para nós, resta continuar apreciando a boa música de Michael, seu talento, as coreografias e a bondade de Michael. As dificuldades, acusações e polêmicas podemos deixar em segundo, terceiro e até último plano. Espero muito que tenham gostado do post! Não esqueçam de me contar nos comentários qual sua música favorita! Beijo! 

Compartilhar: