GENTE, fui pra Toronto! 🇨🇦😍 hahahahaha Aliás, fomos! Quem me acompanha no Instagram deve ter visto algumas fotos da viagem, mas passou tão rápido que não consegui postar ao mesmo tempo as dicas e passeios aqui no blog. Agora que já voltei, vou contar um pouco como foi o processo com a agência e aos poucos vou falando sobre os passeios que fizemos por lá, dicas de viagem e tudo mais que for surgindo na mente. Então senta que lá vem história do nosso tão sonhado intercâmbio em Toronto!

intercâmbio em Toronto

Fazer um intercâmbio já era uma vontade desde o tempo da faculdade, mas o destino era os EUA. Depois que comecei a namorar com o Cris, ele também tinha interesse em fazer intercâmbio, porém no Canadá. Passamos bastante tempo pesquisando juntos sobre os dois países, conhecendo a cultura, os prós e contras, e decidimos que Canadá seria o destino da nossa primeira viagem internacional. Yay! 👏

Procuramos duas agências para ter uma base de valores, mas a STB ganhou nosso coração! (obrigada por tudo Ana, sua linda! 💕). Nesse momento, não sabíamos a cidade exata que faríamos o intercâmbio, apenas que era Canadá. A Ana falou sobre os principais destinos que os estudantes escolhem: Toronto, Vancouver, Montreal, Victoria e Quebec, mas a dúvida estava entre Toronto e Vancouver. Optamos por Toronto por ser uma cidade multicultural e também pelo preço da passagem ser inferior ao de Vancouver. Sem falar que só pelas fotos, já dá pra ver o quão linda a cidade é! Decidido o destino, a Ana nos apresentou várias opções de escolas que encaixavam com nosso objetivo, o método que cada uma utilizava, localização, material de estudo e a nossa favorita (e escolhida) foi a ILSC Toronto. Para estadia, desde o início queríamos homestay (casa de família), tanto pela viabilidade financeira quanto pela convivência cultural com a família. E um detalhe interessante é que a escola tem uma regra (não sei se todas são assim) de que a estadia do estudante não pode ficar mais de uma hora e meia longe da escola (tempo calculado através de transporte público).

Chegou a hora de calcular o valor do pacote. Lógico que a vontade era ficar meses estudando inglês e vivendo o tão sonhado intercâmbio cultural forever, mas o orçamento e disponibilidade de tempo (devido ao trabalho) permitiram duas semanas. Fechamos: duas semanas de intercâmbio em Toronto, com início das aulas dia 6/11/2017 até 17/11/2017. Escolhemos estudar meio período, por que passear também faz bem, né gente?! hahahaha Em relação à data, achamos melhor o mês novembro para dar tempo de se programar financeiramente e também porque seria a transição de outono para inverno. Ah, que felicidade! Não importa o tempo que fosse, aproveitaríamos o máximo possível. ☺

Nesse ponto, fechamos o estudo + estadia. A passagem e seguro compraríamos quando a data estivesse mais próxima. Não lembro a porcentagem, mas dei um valor x de entrada e o valor restante paguei parcelado. O diferencial pra mim foi que a parcela não tinha valor fixo. Eu podia, por exemplo, pagar R$ 100 em um mês e no outro poderia pagar R$ 350. O importante era eu me programar para que a viagem estivesse quitada antes da data de embarque.

A partir daí começamos acompanhar o valor do dólar canadense. Assim que o valor tinha uma queda significativa, comprávamos o dólar. A STB também disponibiliza um cartão de débito internacional, onde você recarrega um valor x de acordo com a moeda do destino e pode usar em qualquer estabelecimento por lá. Então calculamos o valor que queríamos levar e dividimos entre dinheiro físico e cartão. Com certeza é a melhor opção, pois depender de cartão de crédito é cilada, gente!

Acredita que aqui eu ainda nem tinha passaporte?! 😅 hahahaha Que doida! Corri agendar o dia mais próximo disponível, não queria deixar tudo pra última hora.

Após um mês que fechamos o intercâmbio, recebemos o LOA (Letter of Acceptance), que é um documento emitido pela escola que confirma nossa matrícula. Para entrar no Canadá, seja turista, estudante ou trabalho, é necessário visto. Para o visto, precisaríamos justificar o motivo da viagem, então como já tínhamos recebido o LOA, já podíamos correr atrás disso. Entramos em contato com a LV Vistos, eles nos passaram a lista de documentos necessários e começamos a organizar a papelada. Vou fazer um post específico sobre como foi nosso processo de visto, mas como trabalho como prestadora de serviços, era um pouco mais burocrático. Graças à Deus que deu tudo certo.

Passaporte e visto em mãos, viagem quitada, ansiedade aumentando… Começamos a pensar na possibilidade de ir uma semana antes para conhecer e desfrutar a cidade. E pra incentivar, descobri que ia ter show da Katy Perry em Toronto dia 31/10 e 1/11! SURTEI! 😱 hahaha O show era pra ter sido em setembro, mas mudaram a data. Quer sinal maior do que esse?! hahahaha Trabalhamos ainda mais, juntamos o dinheiro para pagar mais uma semana de homestay e recebemos a confirmação de que nossa data estava garantida. Melhor decisão da vida! Não só pelo show, mas porque tivemos tempo tranquilo de ir em todas as atrações.

intercâmbio em Toronto

Quase tudo pronto. Uns 3, 4 meses antes, começamos acompanhar o valor das passagens aéreas. Por ser nossa primeira viagem internacional, preferimos voo sem conexão. A Ana também foi acompanhando os valores no sistema dela, pois a STB também vende passagem. O Cris já estava tão ansioso, que o site da Decolar era praticamente a página inicial dele! 😂 hahahahaha Em um lindo sábado de manhã, acompanhando novamente as passagens, encontramos um valor de ida e volta que estava ótimo! Pronto, era o momento de comprar. Ligamos pra Ana, falamos o preço da passagem, ela comparou com o valor do sistema dela e acredita que ela conseguiu cobrir o valor que encontramos?! Gente, que maravilha! hahahaha Mais uma etapa concluída: partiríamos no dia 29/10/2017 com retorno no dia 21/11/2017.

Agora que a data já estava realmente definida através das passagens, adquirimos o seguro internacional com a Easy, indicada pela STB e que de acordo com nossas pesquisas, ótimo valor e cobertura. Claro que a gente se cuida pra correr tudo bem na viagem, mas o sistema de saúde deles é bem diferente do Brasil, então melhor se prevenir.

A curiosidade pra conhecer a família já era grande, até que dia 02/10/2017 recebemos a carta da acomodação com endereço e contato da hostfamily. Corremos no Google Maps pra ver nossa casa temporária e enviamos e-mail para nos apresentar. Era um apartamento em um bairro super legal, chamado Don Mills (💗). Tinha tudo perto: Tim Hortons (cafeteria), shopping, metrô e ponto de ônibus. Trocamos alguns e-mails com a Ancy (nossa mãe no Canadá), e ela disse que a maioria dos estudantes que ela recebia eram brasileiros! 🇧🇷 hahaha Então perguntamos se ela queria algo do Brasil e adivinha o que ela quis? Goiabada! Sério, ela disse que tinha recebido de presente uma vez, adorou e gostaria de comer novamente. Na verdade ela disse “Guava cheese” e mandou uma foto, aí que caiu a ficha que era goiabada! hahahahaha Essa goiabada rendeu uma boa história no aeroporto, mas conto em outro post.

Uma semana antes da viagem começamos a separar as roupas para a viagem. Já tínhamos comprado algumas roupas de frio, as lembranças pra hostfamily, só faltava arrumar a mala. E o medo de esquecer algo? 😂 hahaha Para nos tranquilizar, a Ana deu um checklist que foi super útil.

Chegou o tão sonhado dia 29/10/2017. Fui à missa de manhã, agradeci imensamente à Deus por esse sonho estar tão próximo e pedi pra Ele abençoar cada segundo da viagem. O Cris tava tão ansioso, que nem comer ele conseguia! hahaha Ainda não parecia que estávamos prestes a embarcar para outro país. Era uma mistura de sentimentos: andar de avião pela primeira vez, viajar com o boy, ir para outro país, falar outro idioma… ah que saudade! O voo estava marcado para as 21:30 h. Chegamos no aeroporto lá por umas 15h. Nossos pais ficaram lá um pouco, mas depois que faz o check in realmente não tem nada a fazer senão esperar. Acredita que nosso embarque atrasou 3 horas? hahaha Mas sem problemas, estávamos tão felizes que isso só foi um detalhe. Depois de 8 horas viajando por esse céu maravilhoso, finalmente chegamos em Toronto.

Esse foi um resumo (eu tentei, gente) de como foi a preparação para o nosso intercâmbio em Toronto. 💖 A intenção do post foi mais atualizar vocês e mostrar que com planejamento, tudo é possível. Pode ser clichê falar isso, mas hoje sei que é verdade. Quando eu pesquisava o valor das coisas, confesso que ficava preocupada em como pagar tudo sabe, mas com planejamento e apoio do Cris em absolutamente todos os momentos, deu tudo certo. Espero que tenham gostado do post e qualquer dúvida, me enviem por aqui ou pelas redes sociais. Ficarei muito feliz em poder ajudar de alguma forma. E fiquem de olho nas próximas postagens, vai ter muita coisa de Toronto por aqui! hahaha Beijão, amoras! 💋🍇

Compartilhar: